Olhando para trás, a impressão que se tem é que o Oscar de 1973 foi uma disputa entre “O poderoso chefão” e “Cabaret”, dois filmaços que receberam, cada um, dez indicações. E, de certa forma, isso aconteceu, já que eles duelaram pelo prêmio de melhor filme, e seus dire...

Dirigido por William Dieterle, “Cavalgada de melodias” (1942) é um filme à frente de seu tempo, como o gênero musical que busca retratar: o jazz. Acompanhamos a jovem Kit (Bonita Granville), que deixa a efervescente vida cultural de New Orleans rumo a Chicago. Ela, no...

Berço do jazz, Nova Orleans tem inúmeras histórias a contar sobre o ritmo que sacudiu os EUA na virada do século XIX ao XX, levando à elite branca o suingue e a melodia tão comuns na comunidade negra. "Sinfonia bárbara" (“Birth of the blues”, 1941) é uma delas, adaptan...

12/09/2019

Quando foi lançado oficialmente, em agosto 1938, “A epopeia do jazz” foi elogiado pela imprensa especializada. De acordo com o American Film Institute (AFI), o longa acabaria se tornando uma nova tendência, um plot twist para a contação de uma história musical. Surgiam...

Até o ano de 1927, os filmes podiam ser vistos, mas não ouvidos. Apenas era possível a inserção da trilha sonora, original ou não, que era interpretada ao vivo por músicos e ajudava o povo a ter uma experiência mais imersiva em relação às imagens projetadas na tela. Ma...

Em seu ensaio “Ecos da era do jazz”, de 1931, o escritor F. Scott Fitzgerald dizia que era muito cedo para escrever sobre a época e seus desdobramentos. Mas o gênero musical com suas raízes no blues, música negra americana que surgiu na segunda metade do século XIX, es...

A indústria cinematográfica não perde oportunidades. Depois do sucesso estrondoso de “Grease - Nos tempos da brilhantina”, de Randal Kleiser, com suas músicas icônicas, Hollywood investe em sua continuação em 1982. Com direção da estreante Patricia Birch, e sem os astr...

27/08/2019

Produzido um ano depois do estrondoso sucesso “Os embalos de sábado à noite”, “Grease: Nos tempos da brilhantina” provou de vez que John Travolta tinha se tornado uma superestrela de Hollywood. O produtor Robert Stigwood ainda teve a bela sacada de escalar a cantora au...

Depois da febre em que havia se tornado “Grease: Nos tempos da brilhantina” (1978) – produzido por Robert Stigwood (“Os embalos de sábado à noite”, 1977) – a 20th Century Fox, almejando uma fatia do sucesso, estava ávida por juntar novamente os astros John Travolta e O...

Com uma filmografia majoritariamente composta por musicais, o produtor Robert Stigwood foi o responsável por transformar John Travolta em astro de cinema nos anos 1970 com “Os embalos de sábado à noite”, de John Badham, e “Grease: Nos tempos da brilhantina”, de Randal...

Please reload

June 4, 2020

December 16, 2019

September 25, 2019

Please reload

Posts Recentes
Arquivo
Please reload

© 1982 - 2021 Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro